BrasilGoiás

Agronegócio Notícias – Programa Mapa Íntegro completa cinco anos com programação de atividades para o mês de abril

Em comemoração aos cinco anos do Programa Mapa Íntegro, o Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento realiza diversas atividades para promover a governança no setor. Ao longo do mês de abril, serão realizadas lives pelo canal da Enagro no Youtube, além de ações presenciais na sede do Mapa.

Em um trabalho sistêmico entre as áreas de Ética, Ouvidoria e Corregedoria, o Ministério da Agricultura foi o pioneiro da Esplanada dos Ministérios a fomentar a cultura de integridade em todos os níveis hierárquicos, em atendimento à estratégia desenvolvida pela Controladoria-Geral da União (CGU) conforme recomendação da Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Econômico (OCDE).

“O Mapa Íntegro começa a ter a sua maturidade revelada com ações voltadas tanto para o público interno quanto para o público externo. Esse ciclo de treinamentos vai, cada vez mais, aprimorar a capacidade dos nossos gestores e servidores para o cumprimento da nossa missão, que é gerar os resultados que a sociedade tanto espera”, declarou o ministro da CGU, Wagner Rosário, na abertura dos debates.

Para o chefe da Assessoria Especial de Controle Interno do Mapa, Cláudio Torquato, a atuação íntegra do setor agropecuário brasileiro antecede até mesmo a implementação do Programa Mapa Íntegro institucionalmente. “O programa Mapa íntegro começa em 2017, quando ainda não se tinha definido os critérios ASG com tanta clareza, como hoje. Já costuramos o Selo Mais Integridade com essa vertente de sustentabilidade, responsabilidade social e governança. O grande brilho do Mapa foi a construção da diretoria de governança, fazendo funcionar o comitê de boa governança como alavanca e exemplo para a implementação do Programa”, pontuou Torquato.

Além do Mapa, integram o Comitê Gestor do Selo a CGU, Instituto Ethos, Embrapa, Alliance for Integrity, CNA, CNI, Febraban, Apex, Sistema OCB e Pacto Global da Onu. São 29 empresas e cooperativas premiadas no país com o Selo verde e amarelo.

“O objetivo é que as empresa do setor alcancem o selo Pró-Ética da CGU , fechando o nível de excelência em integridade do Governo Federal”, acrescentou o gestor do Mapa ao destacar que o feito foi alcançado por uma empresa do agronegócio pela primeira vez no fim do ano passado. A conquista é inédita nos 10 anos do programa de certificação da CGU.

“Se a gente conseguir levar para o cidadão que aquilo que chega à mesa dele por meio da agricultura também tem um trabalho forte de integridade e de construção e reconstrução da confiança dele nas instituições públicas, ganhamos muito para o nosso país como um todo”, enfatizou a coordenadora-Geral de Integridade Pública da CGU, Carolina Carballido.

Até alcançar o reconhecimento com o Selo, o Mapa estimula empresas a se cadastrarem no banco de dados de transparência ativa para o acompanhamento público de ações iniciais efetivas de empresas e cooperativas agropecuárias que demonstrem estágio inicial de implementação de práticas de integridade, ética e transparência, a partir de assinatura do termo de Compromisso com a Ética e a Integridade.

Para a edição de 2022 da premiação, os interessados em obter o “Selo Mais Integridade” deverão realizar a inscrição no site do Mapa até o dia 3 de junho.

 

 

Informação: MAPA

Rate this post
Mostrar mais

Deixe um comentário

Botão Voltar ao topo
error: Content is protected !!