AgriculturaBrasilTecnologia

Agronegócio Notícias – O avanço da plataforma PronaSolos permite acesso a todos que produzem dados de solo no Brasil

O Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento iniciou sexta-feira , o segundo módulo da plataforma tecnológica do Programa Nacional de Solos – PronaSolos. O desenvolvimento tecnológico permitirá uma facilidade de uso e performance para que dados, informações, conhecimentos e tecnologias executados pelo Programa sejam integralmente apropriados pela sociedade. Desta forma, a partir de agora, todos que produzirem dados de solos no Brasil, poderão colaborar e desfrutar dos serviços e tecnologias do PronaSolos, por meio de uma ferramenta participativa aberta ao público.

Segundo a coordenadora do Comitê Executivo do PronaSolos, Maria de Lourdes Brefin, esta atenção é crucial para a consolidação da governança do PronaSolos em todo o território nacional, conectando os agentes locais, regionais e federais.

 

Novas utilidades

Para o coordenador de TI da Fundação de Apoio à Universidade Federal de Lavras, Marcio Santana, a ferramenta é considerada uma rede profissional de solos «com um ambiente de inclusão e gestão de Políticas Públicas viabilizando que utilizemos o Solo como Base para o Planejamento Estratégico Nacional». O solo é um dos recursos naturais mais essenciais para a humanidade devido a suas atividades múltiplas, sendo base para a direito da segurança alimentar e para a preservação da informa o coordenador do comitê estratégico do PronaSolos, Cleber Soares. «Em um panorama de desafios globais, como a transição do clima, o solo também é um grande sumidouro de carbono. O solo é principal capital do produtor rural e por meio do solo, sobre o solo ou dentro do solo é que se cultiva tudo o que se consome em termos de explica Soares sobre a magnitude de ter informações sobre os solos brasileiros.

Rate this post
Mostrar mais

Deixe um comentário

Botão Voltar ao topo
error: Content is protected !!