Pecuária

Agronegócio Notícias – Portaria traz critérios para destinação de leite e derivados que descumprem padrões regulamentares

1 Minutos de leitura
Imagem/Freepik

O objetivo é garantir a qualidade do produto para o consumidor

Foi publicada a Portaria nº 392, que estabelece os critérios de destinação do leite e derivados que não atendem aos padrões regulamentares. A normativa dispõe sobre o aproveitamento condicional, a destinação industrial, a condenação e a inutilização desses produtos, quando for tecnicamente viável. As regras se aplicam aos estabelecimentos registrados no serviço de inspeção oficial (SIF, SIE e SIM) e revoga a Portaria nº 5/1983.

O objetivo da nova norma é mitigar possíveis riscos e prejuízos aos consumidores, além de atualizar a Portaria, que até então estava em vigência, considerando o avanço tecnológico do parque industrial brasileiro com o desenvolvimento de novos produtos lácteos.

“A Portaria atende aos anseios do setor produtivo e da sociedade, em consonância com as diretrizes que vem sendo preconizadas pela Organização das Nações Unidas para a Alimentação e a Agricultura (FAO), para a redução do desperdício de alimentos, mas preservando a sua inocuidade, identidade e qualidade”, relata a diretora do Departamento de Inspeção de Produtos de Origem Animal, Ana Lúcia Viana.

Atualmente, estão registrados no Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa) 1.250 estabelecimentos que recebem leite e fabricam produtos lácteos. Há também estabelecimentos registrados nos órgãos de agricultura dos estados, do Distrito Federal e dos municípios que se enquadram na nova normativa.

 

 

Informações: MAPA

701 matérias

Sobre o autor
Redação. Os conteúdos publicados no Portal Agronegócio Notícias são de responsabilidade dos seus autores e não refletem necessariamente a opinião do veículo, sendo todo material de responsabilidade exclusiva dos respectivos autores como textos e imagens.  É também assegurado a todos o acesso à informação e resguardado o sigilo da fonte, quando necessário ao exercício profissional conforme o Inciso XIV do Artigo 5 da Constituição Federal de 1988.
Matérias
Conteúdos relacionados
Pecuária

Agronegócio Notícias - Cadeia produtiva do leite vai realizar campanha nacional para estimular o consumo do produto no país

Tema foi debatido durante reunião da Câmara Setorial da Cadeia Produtiva de Leite e Derivados A Campanha da 1ª Semana do Leite,…
Pecuária

Agronegócio Notícias - Queijo Serrano do Rio Grande do Sul recebe Selo Arte, que permite a venda em outros estados

No Pavilhão da Agricultura Familiar, na Expointer, também foi assinada a portaria que regulamenta o Selo para produtos de abelhas e seus…
BrasilMundoPecuária

Agronegócio Notícias - Reinspeção de produtos de origem animal importados passa ser realizada pela Vigilância Agropecuária Internacional

A medida desburocratiza e agiliza os processos de liberação dos carregamentos de produtos de origem animal importados ao comércio Acirculação em território…

Deixe um comentário