AgriculturaVídeos

Agronegócio Notícias – Seguros de tomate, cebola, mandioca e outras três olerícolas serão avaliados em videoconferência

2 Mins read

Evento virtual Monitor do Seguro Rural voltado a produtores de olerícolas será no dia 20 de novembro

O Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa) realizará no dia 20 de novembro, às 15h, uma videoconferência do projeto Monitor do Seguro Rural, dedicada aos seguros agrícolas de olerícolas de tomate, cebola, alho, batata, pimentão e mandioca. O objetivo é avaliar os produtos e serviços ofertados pelas seguradoras e propor aperfeiçoamentos nos seguros agrícolas dessas atividades.

Para participar da videoconferência basta acessar o link da plataforma Teams na data e horário agendados.

O trabalho é coordenado pelo Departamento de Gestão de Riscos do Mapa e terá a participação de produtores com o apoio das entidades representativas do setor, cooperativas, associações, revendas de insumos, companhias seguradoras, empresas resseguradoras, corretores, peritos e instituições financeiras.

O seguro agrícola de olerícolas é ofertado por 10 companhias de seguro habilitadas no Programa de Subvenção ao Prêmio do Seguro Rural (PSR) em praticamente todas as regiões produtoras, variando as seguradoras ofertantes conforme a região.

Seis estados se destacam na contratação de seguros olerícolas: São Paulo, Santa Catarina, Minas Gerais, Paraná, Mato Grosso do Sul e Rio Grande do Sul. O estado de São Paulo lidera as contratações em 2020 até o momento com 38% da área total segurada de olerícolas, que atingiu 51 mil hectares no país, aumento de 89,6% em relação a área segurada em 2019.

Em 2020 já foram contratadas 3.738 apólices de seguro de olerícolas, sendo que tomate e cebola somam mais de 3 mil apólices. O valor segurado computado até começo de novembro foi de R$ 704 milhões.

Monitor do Seguro Rural

O projeto já avaliou diversas modalidades de seguros rurais desde julho desse ano e estão previstas outras videoconferências, ainda em 2020, de Seguros de Florestas (27/11) e de Seguros de Avicultura e Suinocultura (04/12). Em 2021, o projeto continuará com outras atividades, com previsão de avaliar outro conjunto de olerícolas.

As gravações e apresentações das edições anteriores do Monitor de Seguro Rural podem ser acessadas neste link.

O cronograma de eventos por videoconferência do Monitor se estende até final de 2022. A finalidade é identificar e propor melhorias nos serviços de seguro para mais de 60 atividades de grãos, frutas, olerícolas, pecuária, florestas, aquícola, café e outras culturas. O monitor é uma oportunidade para os produtores e as cooperativas, com as entidades representativas, construírem soluções em conjunto com as seguradoras e o apoio do Mapa.

 

 

Informações: MAPA

Agronegócio Notícias
383 matérias

Agronegócio Notícias

Sobre o autor
Redação. Os conteúdos publicados no Portal Agronegócio Notícias são de responsabilidade dos seus autores e não refletem necessariamente a opinião do veículo, sendo todo material de responsabilidade exclusiva dos respectivos autores como textos e imagens.  É também assegurado a todos o acesso à informação e resguardado o sigilo da fonte, quando necessário ao exercício profissional conforme o Inciso XIV do Artigo 5 da Constituição Federal de 1988.
Matérias
Related posts
AgriculturaAgronegócioEconomia

Agronegócio Notícias - Crédito para custeio antecipado beneficia o planejamento no campo

Alinha de crédito rural para custeio antecipado é uma importante ferramenta de financiamento que permite ao produtor rural adquirir mais cedo seus…
AgriculturaBrasilGoiás

Agronegócio Notícias - Mapa vai monitorar ocorrência do enfezamento do milho

O objetivo é permitir o diagnóstico e o dimensionamento para subsidiar medidas que evitem os prejuízos causados pela doença nos cultivos do…
AgriculturaBrasil

Agronegócio Notícias - Pesquisadores elaboram dicionário das características sensoriais do chá-mate

Grupo avaliou amostras de chá de diferentes regiões do Brasil para definir 39 atributos A partir de agora, assim como o café…

Deixe uma resposta