AgriculturaAgronegócioEconomia

Agronegócio Notícias – Preços de tomate e batata apresentam tendência de queda em março no atacado

As cotações desses produtos já tiveram queda em fevereiro nas Ceasas do país, conforme Conab

Levantamento de preços da Companhia Nacional de Abastecimento (Conab) aponta que os preços da batata e do tomate devem continuar em trajetória de queda no mês de março.

De acordo com o 3º Boletim Prohort, divulgado os preços desses alimentos já apresentaram baixa em fevereiro nas principais centrais atacadistas do país. Em São Paulo, a cotação do tomate chegou a uma queda de 26%. Já o tubérculo teve uma redução ainda maior: perto de 52% no Rio de Janeiro.

“O ritmo acelerado de colheita da safra das águas, verificado em fevereiro e esperado para março, especialmente na sua primeira quinzena, tenderão a pressionar os preços do tubérculo [batata] para baixo”, explica o boletim.

Segundo a Conab, a oferta de tomate deve reduzir em março em razão das condições climáticas. Outro produto com tendência de queda de preço é a maçã gala por causa do aumento da colheita e a procura regular pela fruta. Em relação à melancia, apesar da menor busca da fruta em fevereiro, os preços não tiveram impacto. Uma boa alternativa para escoar a produção tem sido a exportação, principalmente das minimelancias cearenses e potiguares.

Por outro lado, conforme o boletim, a cebola continua com valores em alta. A concentração da oferta no Sul e a importação do bulbo influenciam no aumento do produto.

> Acesse o Boletim Hortigranjeiro Março 2021

 

 

Informações: MAPA

Rate this post
Mostrar mais

Deixe um comentário

Botão Voltar ao topo