DestaqueEconomiaManchetesMundoNotícias

Agronegócio Notícias – Petróleo sobe quatro por cento devido aos estoques mais baixos nos EUA e demanda mais acentuada

1 Mins read

Os preços do petróleo avançou acima de quatro por cento nesta quarta-feira (20/05), com sinais de melhora da demanda e redução nos estoques de petróleo dos EUA, porém os ganhos foram limitados por preocupações com as consequências econômicas da pandemia de Covid-19 e margens de refino fracas.

Os contratos futuros de petróleo brent LCoc1 subiram US $ 1,38, ou 3,98%, a US $ 36,03 por barril às 10:54 (ET) (1454 GMT), enquanto os futuros brutos de petróleo do Texas (WTI) CLc1 subiram US $ 1,38, ou 4,32%, a US $ 33,34 por barril . Ambos os benchmarks subiram mais de 5% durante a sessão.

441 matérias

Agronegócio Notícias

Sobre o autor
Redação. Os conteúdos publicados no Portal Agronegócio Notícias são de responsabilidade dos seus autores e não refletem necessariamente a opinião do veículo, sendo todo material de responsabilidade exclusiva dos respectivos autores como textos e imagens.  É também assegurado a todos o acesso à informação e resguardado o sigilo da fonte, quando necessário ao exercício profissional conforme o Inciso XIV do Artigo 5 da Constituição Federal de 1988.
Matérias
Related posts
AgriculturaAgronegócioEconomia

Agronegócio Notícias - BNDES lança nova modalidade de crédito para a área rural

Linha BNDES Garantia visa incentivar o crédito privado do agronegócio Com a participação da ministra da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, Tereza Cristina,…
AgriculturaAgronegócioEconomia

Agronegócio Notícias - Safra de grãos será recorde com 273,8 milhões de toneladas, diz Conab

Soja e milho respondem pela grande maioria da produção anual A produção de grãos no Brasil deve chegar a 273,8 milhões de…
AgronegócioEconomia

Agronegócio Notícias - IBGE prevê safra recorde de 264,9 milhões de toneladas para 2021

Soja deve atingir mais um marco inédito A produção de cereais, leguminosas e oleaginosas estimada para 2021 alcançou mais um recorde, devendo…

Deixe uma resposta