BrasilDestaqueEconomiaManchetesNotícias

Agronegócio Notícias – Expectativa de inflação do consumidor para 12 meses fica estável em junho; taxa é de 4,8%

A expectativa de inflação dos consumidores brasileiros para os próximos 12 meses ficou estável em junho deste ano, com taxa de 4,8%, e segue no menor patamar histórico da pesquisa, iniciada em setembro de 2005. Na comparação com junho do ano passado, a queda foi de 0,6 ponto percentual.

Os dados são do Indicador de Expectativa de Inflação dos Consumidores divulgado pela Fundação Getulio Vargas.

O indicador aponta que, em junho, mais da metade, 55,2% dos consumidores, projetavam valores abaixo da meta de inflação, de 4,0%, a maior parcela nos últimos seis meses, enquanto a proporção de consumidores, projetando acima do limite da meta para este ano, diminuiu de 32,1% para 30,4%.

A economista da FGV Renata de Mello Franco destaca que, apesar da expectativa da inflação dos consumidores permanecer no nível de maio, houve diminuição da inflação projetada pelas famílias com renda mais alta. Aquelas que ganham acima de R$ 9,6 mil por mês acreditam que a inflação nos próximos 12 meses vai ficar em 3,7%, o menor valor em 15 anos da pesquisa.

Já as famílias que vivem com renda mensal entre R$ 2,1 mil e R$ 4,8 mil ajustaram para cima suas expectativas de inflação para os próximos 12 meses.

A Sondagem do Consumidor da FGV coleta mensalmente informações de mais de 2.100 brasileiros nas capitais Porto Alegre, São Paulo, Rio de Janeiro, Belo Horizonte, Salvador, Brasília e Recife.

Mostrar mais

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

Botão Voltar ao topo